SAUDAÇÃO – Homenagem do Professor Milton Arantes

“Na vida, com raras exceções, em um minuto reconhecemos um alguém especial,Guido Schäffer
Em uma hora confirmamos o reconhecimento,
Em um dia não temos mais dúvidas,
E a vida inteira não mais a esquecemos.”

Guido, com sua trajetória de vida tão especial, estudante, médico e seminarista, nos deixa. E retorna como um cometa ao reino dos céus, de onde veio há 35 anos.
Retorna, exatamente, quando estava prestes a exercer o sonho que vinha acalentando há longo tempo – a evangelização.
Na véspera de sua subida aos céus, Guido e eu conversamos por mais de uma hora. Era uma quinta-feira, dia 30 de abril de 2009; desse diálogo ainda vivo em meu pensamento, trago em meu peito um clamor de santidade.
Tive o privilégio de recebê-lo algumas vezes em meu gabinete e conversar sobre assuntos polêmicos da fé, quando na volta do seminário, ele passava nas 4ª e 20ª Enfermarias. Eu o provocava e ouvia suas respostas dadas sempre com muita sabedoria e profunda fé cristã.
Na missa de hoje, aniversário de Guido, queremos agradecer ao Senhor pela oportunidade que nos foi oferecida de poder tê-lo conhecido e desfrutado do convívio com esse ser especial e inesquecível.
Guido, minha equipe médica e eu realizamos um projeto de apoio a moradores de rua ano passado. Eram mais de 200 pessoas, assistidas pela Irmãs Missionárias da Caridade – Teresa de Calcutá, na Lapa. Entrevistávamos, coletávamos sangue, vacinávamos. Os que necessitavam de internações era trazidos para as  4ª e 20ª Enfermarias. Hoje há um membro permanente de nossa equipe por lá – Dra. Maria Heloisa – realizando um trabalho exemplar.
Guido pai e Nazaré mãe, vocês foram privilegiados por Deus por receberem um anjo em seu lar. Que o Senhor  os ilumine sempre. Que a missão de Guido continue firme e que as incontáveis sementes lançadas por ele continuem sendo cultivadas.
Como diria o homem santo:
“Quanto mais puro for um coração mais perto estará de Deus.”
É onde Guido se encontra no momento.

Rolar para Cima